/ Artigos / Hora de trabalhar

Tamanho da letra

06/05/2016 às 00:00
Hora de trabalhar
Wagner Cardozo - Grupo Espírita Maria de Nazaré

Nosso país passa por momentos de grande turbulência política na atualidade. Sem sombra de dúvida, trata-se de um momento delicado para a nossa história em que dominados pela dúvida e vacilantes na fé, perdemos a perspectiva de uma nova alvorada que se anuncia. Quando lançamos um olhar para o futuro com mais otimismo e espírito de fraternidade, nossa visão se amplia e o medo consequentemente se afasta.

Tomemos como exemplo nosso querido Dr. Bezerra de Menezes que aos 30 anos de idade, no ano de 1861, médico cirurgião-tenente do exército da corte, resolve seguir seu coração e se tornar vereador da cidade do Rio de Janeiro. Abdica do cargo no exército para se dedicar ao povo brasileiro, exercendo vários mandatos, até ao final de sua missão entre nós. É provável ter presenciado momentos de incerteza, corrupção e de desmandos, porém não se deixou abater, trabalhou com coragem exercendo sua fé, levando o Evangelho, socorrendo e amparando a todos que sofriam.

No livro "Recados do meu coração", este grande amigo, destaca: "Somente o trabalho nos desliga da fixação perturbadora com as sombras do ontem, somente o trabalho de amor ao próximo desfaz os vínculos obsessivos e dissolve o peso das preocupações. A única recomendação que temos a fazer é para trabalharmos mais, façamos hora extra no labor que a vida nos consagrou, sobretudo no trabalho de amor aos que sofrem mais do que nós".

E nós, os Cristãos Espíritas? O que estamos fazendo? A Doutrina Espírita veio até nós para nos ensinar a viver como o Evangelho do Cristo nos recomenda, é hora de estudarmos e aplicarmos em nossas vidas as bênçãos do Espiritismo, para fazermos nossa transformação moral.

Tudo que ocorre em nossa vida seja na vida familiar, vida íntima ou na vida em sociedade é reflexo direto das nossas ações e dos nossos pensamentos e sentimentos. O que fazemos hoje vai repercutir na nossa vida futura, seja daqui a dez minutos ou mais a frente no tempo, ou mesmo na próxima reencarnação. O que queremos para nós? Queremos um País melhor? Um Planeta melhor? Pensemos!

Precisamos imediatamente, fazermos uma avaliação interna e refletirmos sobre nossos valores morais e trabalharmos incansavelmente na nossa reforma íntima, fazendo com que nossas ações e nossos pensamentos gerem harmonia para um bem viver, em nós e com isso a todos que fazem parte desta grande família de irmãos de Jesus.

Pratiquemos a máxima:

"Fora da caridade não há salvação"

Allan Kardec

O Evangelho Segundo o Espiritismo ? Capítulo XV.



Compartilhe


Comentários
Deixe seu comentário
Pesquise no site: